• Após cobrança de Covas, secretário de Transportes pede demissão

    Após cobrança de Covas, secretário de Transportes pede demissão

    Edson Caram, secretário municipal de Transportes de São Paulo, pediu demissão do cargo nesta sexta (12), segundo informou Prefeitura de São Paulo por meio de nota.

    Terminais de ônibus podem sofrer com manifestações em São Paulo nesta terça-feira (09)
    Colisão entre três caminhões deixa feridos perto de Ribeirão Preto
    + Aprenda a fazer o ‘bolo toalha felpuda’ da Ana Maria Braga

    A saída aconteceu após Caram ter sido alvo, na segunda-feira, de um ultimato do prefeito Bruno Covas (PSDB), que disse que ou o secretário resolveria o problema da lotação nos ônibus da cidade até esta sexta ou, na segunda, 15, outra pessoa faria isso.

    O prefeito vem sendo criticado por manter ônibus lotados no período em que autoriza a retomada de atividades comerciais em meio à pandemia de coronavírus.

    Técnicos da São Paulo Transporte (SPTrans) avaliavam, no entanto, que uma série de fatores faz o cumprimento da promessa ser impossível, mesmo com a colocação de 100% dos ônibus para circular.

    O novo nome de que passará a ocupar a pasta ainda não foi anunciado pelo prefeito.

    Back to top