• Justiça determina bloqueio de cidades no litoral sul durante feriadão em SP

    Após aumento do numero de turistas, justiça manda interditar rodovia no litoral de SP

    O juiz da 3ª Vara da Comarca de Itanhaém, Rafael Vieira Patara, determinou no início da noite desta terça-feira, 19, em caráter liminar, que o governo João Doria (PSDB) tome medidas para impedir o fluxo de turistas às cidades litorâneas de Mongaguá, Itanhaém, Peruíbe, Itariri e Pedro de Toledo durante o feriadão prolongado na cidade de São Paulo.

    + Mulher em fuga joga picape em cima de policiais intencionalmente
    + Motociclista foge de tentativa de assalto na Jacu Pêssego. Veja o vídeo

    A decisão atende ao pedido dos prefeitos destas cidades que temem um colapso no sistema de saúde local com a ida de turistas da Capital durante o feriadão antecipado.

    Apenas veículos de emergência usados para atendimento médico e atividades fundamentais, além daqueles que carreguem suprimentos, moradores ou pessoas com vínculos comerciais comprovados nas cidades serão autorizados a circular.

    O juiz determina ainda que a Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal façam o bloqueio das vias de acesso aos municípios.

    Decreto assinado pelo prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), antecipa os feriados de Cospus Cristi e da Consciência Negra para esta semana, visando aumentar o isolamento social e reduzir o avanço da covid-19. A extensão do feriado ao restante do Estado depende de votação na Assembleia Legislativa. A medida anteciparia os feriados de Corpus Christi e da Consciência Negra para esta quarta, 20, e quinta-feira, 21, respectivamente, e o feriado da Revolução de 32 para a próxima segunda-feira, 25.

    Back to top